Publicado em 28/05/2020 às 16h15.

Com baixa procura, campanha de vacinação contra gripe em Salvador está na reta final

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, pouco mais 556 mil pessoas foram imunizadas na capital

Redação
Foto:  Jefferson Peixoto/ Secom
Foto: Jefferson Peixoto/ Secom

 

A procura pela vacina contra a Influenza durante a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação em Salvador é baixa até o momento. Segundo informações da Secretaria Municipal da Saúde, desde do dia 23 de março, pouco mais de 556 mil pessoas foram imunizadas na capital.

A campanha segue ainda até o próximo dia 5 de junho e está voltada para idosos, trabalhadores de saúde, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, motoristas e cobradores do transporte público, portuários, além de gestantes, puérperas (mães no pós-parto até 45 dias), pessoas com deficiência e crianças de seis meses a menores de seis anos.

A subcoordenadora de Doenças Imunopreveníveis da SMS, Doiane Lemos, ressalta que as pessoas que fazem parte do público eletivo, e ainda não foram imunizados, procurem os postos de saúde para se protegerem.

“Os meses de junho e julho são historicamente o período de maior incidência de circulação viral da influenza. Quanto mais pessoas dos grupos prioritários estiverem vacinadas, minimizaremos os riscos de complicações em decorrência da doença”, afirmou.

Locais de vacinação

A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza segue até o dia 5 de junho, das 8h às 17h, em todas as 142 salas de imunização da rede municipal.

A vacina também é disponibilizada em cinco drives-thru, localizados na Arena Fonte Nova, em Nazaré; no 5º Centro de Saúde Clementino Fraga, nos Barris; nos dois campi da Faculdade Bahiana de Medicina, nos bairros do Cabula e Brotas; e no Atakadão Atakarejo de Fazenda Coutos.

Mais notícias