Publicado em 08/12/2015 às 07h34.

‘Não acredito que já é segunda!’

Se você vive repetindo a frase acima, a cada início de semana, confira aqui sete dicas para você alterar o sentido da sua vida

Priscila Almeida
0712 ARTIGO PRISCILA
Imagem ilustrativa

 

Como foi a sua segunda-feira?  Conte-me a verdade, hein! Ao iniciar a semana você continua querendo estender seu fim de semana? Pergunta-se por que o domingo passa tão rápido? Bem, fique tranquilo você não está sozinho. Boa parte das pessoas tem pavor da segunda, mas por quê?

“Fim de semana é um momento de descanso, de agitação total, fazemos tudo que queremos, estamos junto de quem queremos.” Mas não é bem assim, não é verdade? Vivemos coletivamente e mesmo sendo a pessoa mais individualista do mundo não poderá fazer tudo completamente do seu jeito só porque é fim de semana.

Quando vivemos só cumprindo funções, entramos no automático e deixamos de experimentar o novo. Se você apertou o botão do piloto automático da vida preste bem atenção. Para vermos a graça da vida precisamos experimentá-la de várias formas. A vida não pode ser apenas cumprir tarefas.

Você já teve essa sensação? Vou mostrar para você sete dicas de como trilhar um caminho mais motivado. Então, venha comigo:

  1. Perceber a situação. Pare agora, feche os olhos e pense no seu dia a dia. Pergunte-se: acordo com ânimo? Qual meu primeiro pensamento? O que me faz levantar da cama e seguir em frente? Se você está desestimulado, agindo da mesma maneira sempre, pensando em algo que não lembre o seu cotidiano você precisa repensá-lo. Fugir dele não irá adiantar.
  1. Refletir sobre sua vida. Você já reparou como as crianças percebem as situações à sua volta bem mais rápido que nós? Como elas falam sobre qualquer assunto de forma tão desenvolta? Elas falam de maneira tão simples aquela situação tão complexa, não é mesmo? Você já foi assim. Relembre quando você era criança. Como costumava olhar para as pessoas, para o mundo? Tenho certeza de que, se você tentar, verá novamente o mundo com aquele brilho da descoberta. Tente olhar as situações com menos censura. Olhe à sua volta, perceba as situações, as pessoas e deixe o pensamento correr solto sem julgamentos.  E quando eu digo sem julgamentos é de você para com você. Se perceba, entenda como você vê o mundo de verdade!
  1. Desejar. Agora que você conseguiu pensar um pouco no que você tem vivido e como você enxerga o mundo, está na hora de pensar como gostaria de viver. Não perca tempo e anote tudo que vem à mente. Desejar é um passo importante. Quem não deseja nada é apenas levado pela maré da vida. Você precisa desejar para nadar com braçadas fortes para o seu destino. Então, deseje muito!
  1. Ter foco. Sem foco, você não vai a lugar algum. Volte às suas anotações e marque aquelas que são metas a curto, médio e longo prazos. Agora, você tem que pensar em como chegar a essas metas. Mantenha o foco! Uma dica importante é: não adianta focar na compra de uma casa se você não sabe como quer experimentar esta casa. Para ter ânimo, se sentir motivado e manter o foco, a meta tem que tocar você. Tem que ser algo que te capture.
  1. Rotina.  A rotina pode ser vilã ou aliada. Aprenda a utilizá-la a seu favor. Faça da sua rotina um movimento de experimentar a vida com muito colorido e sabor. Se não fizermos pequenas mudanças no nosso cotidiano, deixaremos de conhecer a vida. Precisamos trilhar novos caminhos, mesmo indo para o mesmo lugar. Isto nos faz conhecer situações novas, ter atitudes novas, é verdadeiramente enriquecedor. Manter bons hábitos é imprescindível para qualquer pessoa, por isso, rotina não é sinônimo de chatice e sim de organização. Ela precisa ser feita para a manutenção do foco. Você deve deixá-la mais leve e torná-la parceira. A rotina deve ser sua aliada.
  1. Simplificar. Simplificar a vida é algo necessário. Ver a vida como um emaranhado de caminhos tortuosos não irá facilitar em nada a sua vida, nem a do outro. Então, se você pensa e age de maneira positiva, de bem com a vida e querendo ajudar, simplificar as situações pode ter certeza que a sua vida será beneficiada. Acredito muito que simplificar a vida traz leveza e gera o bem sempre!
  1. Curtir. Curta sua vida todos os dias, não espere fim de semana. Repense a forma de estar no trabalho, na academia, em casa e até no engarrafamento. Do que adianta viver irritado, estressado? A felicidade é vivida diariamente quando você acorda e acha o dia bonito, quando encontra aquela música no rádio que você queria ouvir, quando um plano que fez dá certo ou mesmo quando tudo aquilo que você tinha em mente deu errado e você teve alguém para te dar um abraço, uma palavra de conforto. Viva com prazer e para isso é preciso CURTIR. Não é à toa que esta é uma das palavras mais utilizadas nas redes sociais atualmente.

Ajudei? Espero que sim! Não existe fórmula mágica na vida, mas alguns truques nos deixam mais fortes para nos mantermos motivados. Porque uma vida desmotivada nos deixa sem brilho, sem beleza.   Ninguém poderá traçar o seu caminho, é você que o faz todos os dias com as decisões que toma.

PriscilaAlmeidaPriscila Almeida é psicóloga clínica especialista em saúde mental, psicanálise e em trânsito. Escritora e editora do Blog Papos de Psico.

Priscila Almeida

Priscila Almeida é psicóloga clínica especialista em saúde mental, psicanálise e em trânsito. Escritora e editora do Blog Papos de Psico.

PUBLICIDADE