Publicado em 08/07/2019 às 11h30.

Conheça o BOMBAR: gin, música e rústico chique

Localizado no Rio Vermelho, o espaço trabalha com conceito urbano e diverso

Daniel Lyra
Foto: Daniel Lyra
Foto: Daniel Lyra

É indiscutível que o Rio Vermelho é um dos locais mais boêmios da cidade do Salvador. Quem segue com suas andanças pelo bairro percebe o movimento que se forma na rua Canavieiras, de quinta a domingo. A via, que antes ficava vazia, hoje conta com uma multidão que só dispersa pela madrugada.

Num edifício comercial, fica o responsável por esse movimento, o BOMBAR. O estabelecimento possui uma cozinha, um bar e uma pista de dança na área superior e mesas ao ar livre na parte de baixo. Ao invés de pulseiras, comandas e cartões de consumo para regular a entrada das pessoas, a marca de um carimbo no pulso garante o acesso ao local.

Foto: Daniel Lyra
Foto: Daniel Lyra

O espaço foi inaugurado em setembro de 2018 pelos sócios Cadu Mesias , Celso Calasans , Gabi Da Oxe , Murilo Uema e Rodrigo Maia. Com investimento próprio, o bar segue em expansão e adota um conceito urbano e diverso.

“De fato, desde o princípio, a nossa intenção era que o espaço abraçasse a todos e que todas as tribos e todos os nichos tivessem sensação de pertencimento quando estivessem aqui, a ponto de ficarem à vontade para o que quiserem fazer “, pontua Gabi Da Oxe, uma das proprietárias.

Para o sócio Celso Calasans, o local, formatado com um conceito de “viva a rua”, também é um espaço da diversidade. “O BOMBAR representa a desconstrução, é a nova geração. O Bar representa a verdade de todo mundo…e tem opções de entretenimento, como as apresentações com DJs ”, afirmou.

Quando toca no BOMBAR, o DJ Telefunksoul gosta de fazer um set diverso. “No BOMBAR, eu posso fazer uma pista para agradar todo mundo. O set que eu gosto de fazer é um sem preconceito musical. Eu vou criando e fazendo a mistura. Eu olho a atitude da galera e vou sentindo como está a vibe”.

Foto: acervo TELEFUNKSOUL
Foto: acervo Telefunksoul.

Os drinks da casa foram criados por Cadu Mesias, que reunia os outros sócios do BOMBAR em casa para testar as misturas. Eles queriam fugir do convencional na hora de montar o cardápio. “Vamos criar coisas diferentes, não trazer drinks europeus. Criamos drinks com caju e melancia”, contou Cadu.

As bebidas de gin são o carro chefe do BOMBAR, que possui o “Club Gin”, um cardápio só com bebidas desse estilo. Um dos destaques é o “Moranguinho”, um gin que tem como base purê de morango, suco de laranja, zimbro e manjericão. “Nossa ideia é deixar o gin como nossa marca registrada, com a variedade de outros drinks para o cliente se sentir à vontade no que quiser beber”, explica Elisama Estrela, responsável pelo bar.

Foto: Ricardo Oliveira/divulgação.
Foto: Ricardo Oliveira/divulgação.

Já a cozinha do BOMBAR está passando por uma reformulação e será ampliada em breve. Os clientes podem escolher de hambúrgueres até uma batata rústica com molho pesto para matar a fome. O carro chefe, o dadinho de tapioca com geleia de pimenta doce, vai continuar no novo cardápio.

O chefe Igor Lima, que cuida da cozinha, diz que o conceito da comida está relacionado ao uso de ingredientes simples. “O cardápio foi pensado na minha vontade de utilizar ingredientes simples, mas com preparações voltadas para abalar gastronomia de onde vem toda a minha base”.

Foto: divulgação.
Foto: divulgação.

O BOMBAR fica na rua Canavieiras, Nº24, Rio Vermelho. Na quinta-feira, o espaço funciona das 20h às 2h da manhã. Na sexta-feira e no sábado, o bar abre às 20h e fecha às 4h.

PUBLICIDADE