Publicado em 10/08/2018 às 11h12.

Educadores de Lauro e bancários de Salvador protestam nesta sexta

Na capital, bancários protestaram no bairro do Comércio, no chamado “Dia do Basta”, quando atrasaram a abertura das agências bancárias

Matheus Morais
Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

 

Depois de uma solicitação da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), trabalhadores da rede municipal de ensino de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, e sindicalistas protestaram na manhã desta sexta-feira (10), contra o governo Michel Temer (MDB).

A mobilização também pede o fim da Emenda Constitucional 95/2016, PEC dos gastos que tira investimentos em educação, saúde e segurança pública para priorizar ainda mais o lucro dos banqueiros.

Durante a mobilização foi aprovado uma caravana para dar apoio à greve de Salvador na próxima segunda-feira (13), às 10h.

Na capital, bancários também protestaram no bairro do Comércio, no chamado “Dia do Basta”, quando atrasaram a abertura das agências bancárias.