Publicado em 14/03/2018 às 01h14.

Stephen Hawking morre aos 76 anos

Portador de rara doença degenerativa, físico é conhecido por legado deixado em campos como a cosmologia e campos gravitacionais

Redação
Reprodução
Reprodução

 

Uma das mentes mais brilhantes do século XX, o físico Stephen Hawking faleceu na madrugada desta quarta-feira (14) aos 76 anos em Cambridge, na Inglaterra.

Portador de esclerose lateral amiotrófica, que o deixou preso a uma cadeira de rodas e dependente de softwares de computador para se comunicar, o cientista era doutor em Cosmologia e autor de livros importantes na área como O Universo em Uma Casca de Noz.

A morte foi anunciada em um comunicado divulgado em nome de seus três filhos Lucy, Robert and Tim.

“Ele foi um grande cientista e um homem extraordinário cujo trabalho e legado permanecerá importante por muito tempo. Nós sentiremos falta dele para sempre”.