Publicado em 15/05/2018 às 16h42. Atualizado em 15/05/2018 às 17h48.

Policiais paralisam atividades por risco de desabamento de delegacia

Em ofício encaminhado ao Ministério Público, Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc) solicitou interdição da unidade

Redação
delegacia camacan ascom sindpoc
Foto: Divulgação / Sindpoc

 

Policiais civis do município de Camacan, no sul da Bahia, paralisaram atividades por tempo indeterminado, em função do risco de desabamento da delegacia municipal, informou o Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc).

delegacia camacan
Foto: Divulgação / Sindpoc

 

Em ofício encaminhado ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), junto com laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT), a entidade sindical pediu ao Parquet que solicite a interdição da unidade.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que, após a identificação de uma rachadura em uma das paredes da delegacia, o atendimento foi transferido para outro cômodo, onde não há risco.

“Ao mesmo tempo, foi iniciada a busca por outro imóvel que possa alojar a delegacia temporariamente. Equipes técnicas estão avaliando as necessidades para providenciar a reforma da unidade”, disse a PC.