Publicado em 16/04/2018 às 12h42.

BRT: prefeitura explica remoção de árvores na Juracy Magalhães Jr.

Segundo a gestão, no total, "serão plantadas duas mil novas árvores nativas da Mata Atlântica ao longo das vias por onde vai passar o BRT"

Redação

Após diversas reclamações pela derrubada da área verde no canteiro da Avenida Juracy Magalhães para a construção do BRT, a prefeitura de Salvador informou, em nota enviada ao bahia.ba, que haverá uma política de compensação em função do desmatamento de 154 árvores em razão das obras de implantação dos corredores exclusivos do novo sistema de transporte.

De acordo com o texto, no total, “serão plantadas duas mil novas árvores nativas da Mata Atlântica ao longo das vias por onde vai passar o BRT, a exemplo da Avenida ACM, no Parque da Cidade e em outros pontos da cidade”.

Segundo a gestão municipal, já nesta terça-feira, a partir das 10h, as primeiras 300 novas árvores, dentro dessa política de compensação, serão plantadas no final da Via Expressa, no acesso à Soledade. Outras 1,7 mil serão plantadas nas vias no entorno do BRT e no Parque da Cidade. Além disso, 169 árvores do entorno das obras serão transplantadas, a maior parte para o Parque da Cidade, já a partir do final desta semana.