Publicado em 24/05/2017 às 11h01.

Com vigilantes em greve, bancos mantêm agências abertas, diz sindicato

Em campanha salarial, seguranças realizaram caminhada e protesto na manhã desta quarta-feira nas ruas do centro da capital

Luís Filipe Veloso
Foto: Jefferson Fernandes/ Sindicato dos Vigilantes
Foto: Jefferson Fernandes/ Sindicato dos Vigilantes

 

Algumas agências bancárias de Salvador foram mantidas abertas na manhã desta quarta-feira (24), mesmo com o decreto de greve dos vigilantes na terça (23). A informação é do Sindicato dos Bancários da Bahia que solicitou a intervenção do Ministério Público do Trabalho (MTB) e das policias Militar (PM) e Federal (PF) junto às redes bancárias que “insistem em manter o funcionamento das unidades, violam as leis de segurança e colocam em risco a vida dos clientes”, segundo afirmou o presidente Augusto Vasconcelos ao bahia.ba.

Em resposta à reportagem, o secretário de Comunicação do Sindicato dos Vigilantes, Jefferson Fernandes, disse desconhecer a prática das instituições financeiras. O sindicalista informou que aproximadamente 200 profissionais fizeram uma manifestação nas ruas do centro da capital e convocou os seguranças de bancos, repartições públicas, condomínios e shoppings a aderirem ao movimento durante a caminhada. A mobilização foi acompanhada a distância por homens da PM e comprometeu o trânsito nas vias de entorno.

Foto: Jefferson Fernandes/ Sindicato dos Vigilantes
Foto: Jefferson Fernandes/ Sindicato dos Vigilantes

 

Campanha Salarial – Sem acordo com os empresários, os trabalhadores solicitam reajuste de 15% nos vencimentos, vale-refeição no valor de R$ 20, cotas para as mulheres de 30% por posto de trabalho e piso salarial de R$ 1,5 mil.

PUBLICIDADE