Publicado em 12/09/2018 às 16h30.

Em nota, Guarda Municipal pede desculpas a motoboy agredido por agentes

Diretor do órgão afirma que caso foi "ato isolado" e que processo administrativo foi aberto contra os agentes responsáveis pela agressão

Redação
Reprodução: Youtube
Reprodução: Youtube

A Guarda Civil Municipal divulgou uma nota na tarde desta quarta-feira (12), onde pede desculpas ao motoboy Marcos Cardoso, agredido na última terça-feira (11) por agentes do órgão.

De acordo com o comunicado, o órgão abriu procedimento administrativo para punir os agressores e ressalta que foi com caso isolado. “Reconheço que foi um ato específico. Não deveria ter ocorrido, mas também não é justo generalizar o que me aconteceu como um procedimento de toda a corporação”, afirmou o  diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência da Prefeitura, Maurício Lima.

De acordo com o diretor, os guardas passam por qualificação periódica, inclusive com apoio psicológico, buscando aprimorar o desempenho da corporação na atuação diária. Para tanto, os 1.263 agentes são regularmente treinados em oficinas, reuniões temáticas, rodas de conversas, palestras, cursos de educação à distância (EAD) e presenciais.