Publicado em 13/03/2018 às 15h56.

Pituaçu: Prefeitura dá auxílio moradia de R$ 300 para dez famílias

Semps aguarda a vistoria final dos técnicos da Codesal; número de benefícios concedidos pelo município pode aumentar

Redação
Foto: Ricardo Silva/Bahia.ba
Foto: Ricardo Silva/Bahia.ba

 

Dez famílias afetadas pelo desabamento de um imóvel em Pituaçu nesta terça-feira (13) foram cadastradas pela Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) para receber auxílios após o desastre. Entre as famílias cadastradas, três delas receberão o auxílio moradia, conhecido como Aluguel Social, no valor de R$ 300 por mês para deixar a área que oferece risco de vida.

A expectativa é de que as vítimas recebam o pagamento dos benefícios na próxima semana. Além do Aluguel Social serão oferecidos as três famílias os auxílios emergência no valor de três salários mínimos, concedido a todos que tiveram perdas materiais e quatro auxílios-funerais para viabilizar o sepultamento das vítimas que estavam no imóvel que

As outras sete famílias receberão apenas o auxílio moradia porque terão de deixar seus imóveis diante de riscos estruturais identificados pela Codesal ou por terem de ser demolidos para viabilizar a entrada de máquinas para a retirada de escombros. Em caso de demolição, todos os objetos e pertences serão retirados dessas residências.

A Semps aguarda a vistoria final dos técnicos da Codesal porque se forem identificados novos imóveis que precisem ser evacuados, o número de benefícios concedidos pelo município pode aumentar.