Publicado em 15/07/2019 às 10h39.

Deputado pede que governo apresente relatório sobre situação de barragens

"Quem garante que não há estruturas comprometidas?", questionou o parlamentar

Redação
Foto: Sandra Travassos/ AL-BA
Foto: Sandra Travassos/ AL-BA

 

Depois do rompimento da Barragem do Quati, que atingiu os municípios de Pedro Alexandre e Coronel João Sá, no nordeste do estado, o presidente da Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Pedro Tavares (DEM), destacou a necessidade de o governo apresentar um relatório sobre as atuais condições das barragens, que tem como órgão fiscalizador o Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

“Hoje são fundamentais as ações de solidariedade e para minimizar os prejuízos da população, mas o momento é também de alerta. A intenção dessa proposição é dar tranquilidade à população das cidades baianas, que estão no entorno das barragens para que em caso de fortes enxurradas não aconteça o mesmo que ocorreu em Quati”, explicou em nota enviada à imprensa.

“A Agência Nacional de Águas (ANA) divulgou no final do ano passado, dados muito preocupantes, mostrando que a Bahia lidera o ranking no país de barragens com risco, mas nós não temos informações sobre aquelas fiscalizadas pelo Governo do estado. Quem garante que não há estruturas comprometidas? Precisamos saber com exatidão a situação dessas barragens, a quantidade, as condições de segurança e quando foram vistoriadas “, justificou.

Segundo Tavares, essa pode ser uma das questões abordadas na Sessão Especial, proposta apresentada pelo presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Nelson Leal (PP), para ser realizada no retorno dos trabalhos legislativos, em agosto. O deputado defende também que a questão seja acompanhada pelas comissões permanentes da Casa, relacionadas ao assunto.

PUBLICIDADE