Publicado em 24/04/2019 às 20h20.

Professores decidem por continuidade de greve em universidades estaduais

Nesta quinta, haverá ato público com concentração a partir das 14h no Campo Grande, em Salvador

Redação
Foto: Divulgação / Ascom
Foto: Divulgação / Ascom

 

Os professores da Uneb decidiram em assembleia nesta quarta-feira (24) pela manutenção da greve. A reunião aconteceu no Campus I da universidade, em Salvador.

Segundo a coordenação da Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb), embora a mesa de negociação tenha iniciado, a proposta divulgada na imprensa pelo governo, na terça-feira (23), “ainda está longe” de contemplar as necessidades da categoria e das universidades estaduais da Bahia.

Sobre a liberação de R$ 36 milhões para as quatro universidades estaduais da Bahia, os professores argumentam que tal recurso não representa acréscimo financeiro, e sim a antecipação de uma parte do orçamento já previsto para este ano.

Nesta quinta-feira (25), centenas de professores e estudantes, vindos de todas as regiões do estado, farão um ato público, com concentração a partir das 14h, no Campo Grande, em Salvador.

PUBLICIDADE
Temas: greve , professores