Publicado em 22/01/2016 às 09h03.

Volume de chuvas supera média histórica para janeiro na Bahia

O sul da Bahia foi a única exceção e não superou a média histórica de precipitação que é de 125,3 mm

Redação
A cidade de Riachão do Jacuípe, centro-norte baiano, foi atingida por temporal na madrugada desta sexta (22)
A cidade de Riachão do Jacuípe, centro-norte baiano, foi atingida por um forte temporal na madrugada desta sexta (22)

 

O volume de chuvas nas regiões da Bahia superou, em 21 dias, a média histórica para o mês de janeiro. De acordo com a Secretaria do Meio Ambiente (Sema), a região da Chapada Diamantina se destacou. Nos primeiros dias do ano, a Sema informa que a média na região foi de 312,9 milímetros, sendo que a média histórica é de 105,3. As regiões oeste, norte e sudoeste também superaram a marca regular de chuvas. Situação semelhante ocorreu na região do Rio São Francisco, no nordeste e Recôncavo do estado.

Segundo o G1, o sul baiano foi a única exceção e não superou a média histórica de precipitação, que é de 125,3 mm. O acumulado na região foi de 89,6 mm. Por conta da chuva, diversas cidades registraram alagamentos na Bahia. Além de Santa Maria da Vitória e Barreiras, registradas nesta quinta-feira (21), na madrugada desta sexta-feira 22) o temporal atingiu forte a cidade de Riachão de Jacuípe, onde dezenas de pessoas ficaram desabrigadas.

A previsão do departamento de meteorologia do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) para os próximos dias, não só no oeste, mas também na Chapada Diamantina, Vale do São Francisco, norte, sudoeste e sul é de tempo chuvoso, por influência de uma Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS).

Temas: Bahia , Chuva , recorde

Mais notícias