Publicado em 02/12/2020 às 17h07.

Dados de mais de 200 milhões de brasileiros que utilizam o SUS são expostos

Informações de pessoas que possuem plano de saúde também ficaram disponíveis para consulta

Redação
Foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil

 

Os dados pessoais de mais de 200 milhões de brasileiros ficaram expostos de forma indevida após uma possível falha no sistema de notificações da Covid-19. O caso é investigado pelo Ministério da Saúde, que já informou que o problema foi corrigido.

Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, por causa da falha, informações como nome, endereço, telefone e CPF de todas as pessoas cadastradas no Sistema Único de Saúde (SUS) ou que tenham um plano de saúde ficaram disponíveis para consulta.

Até mesmo os dados de pessoas como o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), também ficaram expostos.

Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que os protocolos de segurança e proteção de dados, que já existem, são avaliados e aprimorados constantemente para evitar este tipo de situação.