Publicado em 24/08/2019 às 18h30.

Filha adotiva revela que casa de Flordelis tinha traição e casos entre irmãos

Erica dos Santos de Souza foi a última filha a prestar depoimento para a polícia; ela compareceu espontaneamente na delegacia

Redação
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

 

Depoimentos que fazem parte do inquérito que investiga a morte do pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal Flordelis, revelam histórias de traição, relacionamentos amorosos entre irmãos e trocas de casais na família. As informações são do jornal Extra. 

Em depoimento concedido no último dia 12, uma das filhas adotivas de Flordelis, Erica dos Santos de Souza, foi questionada pelos policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo se havia presenciado envolvimento entre as pessoas que moram na casa.

De acordo com o jornal, ela relatou que Adriano dos Santos, filho biológico apenas de Flordelis, se relacionou amorosamente com duas irmãs adotivas: Nylaine e Lorrana, quando já namorava com Marcele, sua atual esposa. Erica contou, ainda, que Simone dos Santos, também filha biológica apenas de Flordelis, se envolveu com Alexandre Freire, que é filho adotivo.

Simone, de acordo com depoimento de Maria Edna do Carmo, mãe do pastor Anderson, namorou, ainda no início dos anos 90, com o filho. Segundo relato de Edna, pouco tempo depois, Anderson “largou” Simone para ficar com Flordelis.

Em depoimento, Erica disse que dois irmãos adotivos – Iago e Francine – se envolveram, mas saíram da casa para assumir o relacionamento, “porque Anderson e Flordelis não permitiriam esse comportamento dentro de casa”.

Além dos relacionamentos citados, pelo menos outros dois casais já se formaram na família de Flordelis. Os pastores Carlor Ubiraci e Cristiane – ambos filhos adotivos de Flordelis – são casados e moram no terreno da casa da família, em Pendotiba.

Eles fizeram uma construção anexa à residência, onde vivem. O casal tem uma filha biológica, Raquel, e uma adotiva, Rebeca. Eles também são considerados pais por Roberta de Souza, que foi acolhida por Flordelis em sua casa, ainda no Jacarezinho, mas quem a criou foi Carlos e Cristiane.

Simone foi casada com André Luiz de Oliveira, conhecido como Bigode, também filho adotivo. Juntos, tiveram três filhos biológicos – Lorrane, Ramon e Rafaela. Eles já estão separados há dez anos. O casal também criou como filha Raiane, a primeira criança adotada por Flordelis. De acordo com os relatos da pastora, Raiane foi encontrada numa lixeira na Central do Brasil.

Erica foi a última filha a prestar depoimento para a DH. Ela compareceu espontaneamente na delegacia para dar seu relato sobre o caso.

PUBLICIDADE