Publicado em 10/09/2019 às 14h44.

Governo do Mato Grosso decreta situação de emergência por causa de queimadas

O decreto menciona 8.030 focos de calor registrados em agosto, o que representa um aumento superior a 230% em relação ao mesmo período do ano passado

Redação
queimadas foto mayke toscano secom mt
Foto: Mayke Toscano / Secom MT

 

O governador do Mato Grosso ,Mauro Mendes (DEM), decretou situação de emergência no estado devido às queimadas e estiagem.

Com a medida, que tem duração de 60 dias, poderão ser adotadas ações emergenciais, como a compra de bens e materiais sem licitação, além da busca de auxílio do governo federal.

O decreto menciona 8.030 focos de calor registrados em agosto, o que representa um aumento superior a 230% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

O texto cita também a baixa umidade relativa do ar, que tem variado entre 7% e 20%, e a possibilidade de danos à saúde da população.

Em algumas regiões do estado, a estiagem já chega a quatro meses, como é o caso do Vale do Rio Cuiabá, onde fica a capital Cuiabá.

PUBLICIDADE

Mais notícias