Publicado em 08/11/2019 às 09h13.

Homem tem pênis atingido por ácido; ex-namorada é a suspeita

Ela teria aproveitado o momento em que ele dormia para cometer o crime

Redação
Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

 

Um pedreiro de 45 anos teve o pênis atingido por ácido na última quarta-feira, em São Paulo, e a principal suspeita é a ex-namorada da vítima.

Ela teria aproveitado o momento em que ele dormia para cometer o crime. O homem está internado em estado estável na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto.

Segundo a vítima, seu órgão íntimo ficou “derretido, sem a pele e com danos visíveis”. O pedreiro apresentou também mensagens enviadas pela suspeita em seu celular nas quais ela pede desculpas pela atitude.

Até o momento, a mulher não foi localizada. A polícia informou que fará diligências para localizá-la.

PUBLICIDADE