Publicado em 18/01/2020 às 12h00.

Inep escreve ‘vizualizações’ em post no Twitter e deixa internautas incrédulos

Esse foi um dos muitos erros cometidos na gestão do ministro da Educação, Abraham Weintraub, que já escreveu, por exemplo, "impreCionante" e "paraliZação"

Redação
Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

 

Uma publicação do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) nas redes sociais, durante a sexta-feira (18), deixou muita gente perplexa.

Autarquia do Ministério da Educação, o Inep escreveu “vizualizações”, ao invés de “visualizações”, em post que comentava sobre as notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2019.

A publicação original já foi apagada, mas os internautas não perdem tempo e já chegaram tirando prints. O tuíte é mais um em meio à série de erros de português do ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Algumas das palavras escritas erradas ao longo do governo de Bolsonaro foram “ImpreCionante”, “paraliZação”, “inSitar” e trocar “Kafta”, quando deveria ser Kafka.

Mais notícias