Publicado em 21/09/2019 às 07h16.

Odebrecht demite 130 funcionários de obra de Canal do Sertão Alagoas

Empreiteira justifica demissões por em falta de repasse de recursos por parte do Ministério do Desenvolvimento Regional desde março deste ano

Redação
Foto: Zeh Campos
Foto: Zeh Campos

 

Cerca de 130 trabalhadores que atuavam nas obras do trecho 4 do Canal do Sertão Alagoas foram demitidos pela empreiteira Odebrecht. O trecho leva água do rio São Francisco para mais regiões do estado e já está quase 90% pronto.

A empresa justifica a medida devido a falta de repasse de recursos por parte do Ministério do Desenvolvimento Regional desde março.

Segundo informações da Folha de S. Paulo, a obra poderá ser completamente paralisada já na próxima semana, o que pode desempregar outros 260 trabalhadores.

O ministério afirma que aguarda o aumento de sua disponibilidade financeira para realizar os repasses referentes. E diz que tem atuado para viabilizar a ampliação de seus limites orçamentários.

PUBLICIDADE