Publicado em 25/04/2017 às 20h20.

Odebrecht recebe reforço de caixa R$ 2,5 bilhões

Empresa fechou acordo para que recursos de venda da Odebrecht Ambiental não sejam utilizados para pagamento antecipado de dívidas.

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Buscando a reestruturação após o impacto causado pelas atividades na Operação Lava Jato, a Odebrecht anunciou um reforço de caixa de R$ 2,5 bilhões nesta terça-feira (25). O recebimento da quantia é relativo a uma série de acordos firmados pela empresa, incluindo a conclusão da venda da Odebrecht Ambiental  para a canadense Brookfield Business Partners.

Um dos acordos firmados, permite que os recursos da venda da unidade, a maior companhia privada de saneamento do Brasil,  não sejam confiscados pelos bancos para o pagamento antecipado de dívidas. Segundo a empresa, tal reforço será suficiente para “atender às necessidades de caixa por aproximadamente dois anos”.

Em comunicado, o diretor presidente do grupo, Newton de Souza, mostrou-se otimista com a reestruturação da empresa após os danos causados pelo envolvimento na operação Lava Jato. “Não vamos esquecer o passado. Estamos pagando caro por nossos erros. Mas estes acordos nos permitem investir na liquidez e na retomada dos negócios de construção e infraestrutura, sempre com ética, integridade e transparência, e dentro de um novo modelo empresarial. Nossa relação com o poder público não será mais a mesma. Estamos virando esta página ”, afirmou.