Publicado em 24/02/2020 às 14h51.

Fábio Mota diz que problemas com motoristas de apps foram solucionados

Segundo o secretário de Mobilidade, número de profissionais atuando na folia duplicou e impactou negativamente "todos os sistemas"

Matheus Morais / Rayllanna Lima
Foto: Matheus Morais/bahia.ba
Foto: Matheus Morais/bahia.ba

 

Secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota garantiu nesta segunda-feira (24) que os problemas relacionados ao excesso de motoristas do transporte por aplicativos atuando no Carnaval foram superados.

Em entrevista ao bahia.ba, no Circuito Osmar (Campo Grande), ele disse que o grande volume de profissionais “impactou todos os sistemas”.

“Se você tem 30 mil ubers durante o ano, no Carnaval são mais de 60 mil. Você tem aplicativo aí de Sergipe, Maceió, Feira de Santana. Vem todo mundo para o Carnaval de salvador. Isso atrapalhou um pouco nos primeiros dias, mas nós superamos e conseguimos rever”, afirmou.

De modo geral, a análise do secretário é positiva. “Já transportamos perto de 5 milhões de pessoas. Destaque para os serviços novos, como por exemplo a linha Salvador/Lauro de Freitas. As pessoas, antes desse Carnaval, dormiam na estação da Lapa, porque o metrô para 1h e só volta 4h30. Esse ano não estão mais dormindo. São mais de 12 mil pessoas transportadas nessa linha. Com relação ao táxi, tínhamos uma queixa muito grande de que não tínhamos táxis especiais, esse ano implantamos um ponto de táxi especial em Ondina. Muito satisfeito com a mobilidade. Temos uma linha que faz transporte gratuito, que é a linha circular Lapa/Calabar, Calabar/Lapa, que ontem bateu todos os recordes desde sua implantação. Só essa linha transportou 130 mil pessoas”, disse.

PUBLICIDADE