Publicado em 30/10/2020 às 12h54.

Banco Mundial aprova empréstimo de US$ 1 bi para expansão do Bolsa Família

Ao menos 1,2 milhão de famílias e 3 milhões de pessoas serão contempladas com ampliação

Redação

 

Foto: Jefferson Peixoto/Secom
Foto: Jefferson Peixoto/Secom

O Banco Mundial divulgou nesta sexta-feira (30) que aprovou um empréstimo de US$ 1 bilhão (R$ 5,76 bilhões) para que o Brasil possa expandir o programa Bolsa Família.

Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a medida faz parte do projeto do banco para proteger a renda de pessoas pobres afetadas pela pandemia de Covid-19, afirma a entidade.

“O programa apoiará a ampliação do programa Bolsa Família, por meio do financiamento de transferências de renda que beneficiarão cerca de 3 milhões de pessoas, incluindo mulheres, crianças e jovens, indígenas e outras minorias”, diz nota divulgada pelo banco.

Ainda de acordo com a instituição, antes da pandemia aproximadamente 13 milhões de famílias estavam cadastradas no programa Bolsa Família. Com o projeto, o benefício será ampliado para pelo menos 1,2 milhão de famílias. Tal extensão deverá impactar 3 milhões de pessoas, sendo 990 mil crianças e jovens e 7.000 indígenas, afirmou o banco.