Publicado em 12/03/2019 às 17h46.

Consórcio apresenta proposta de reativação do Estaleiro Enseada Paraguaçu

Formado pela Naval Group, Mectron e pelo grupo baiano Estaleiro Enseada, o consórcio Villegagnon participa de uma licitação lançada pela Marinha

Redação
IMG_20190312_155059 foto mateus pereira gov ba
Foto: Mateus Pereira / GOV BA

 

Uma proposta de reativação do Estaleiro Enseada Paraguaçu, em Maragogipe, no Recôncavo baiano, foi apresentada nesta terça-feira (12) pelo consórcio Villegagnon, formado pela Naval Group, Mectron e pelo grupo baiano Estaleiro Enseada, em reunião no Senai Cimatec, em Salvador.

O consórcio participa de uma licitação lançada pela Marinha, cujo resultado está previsto para ser divulgado no próximo dia 22 de março.

O projeto detalha a construção de quatro corvetas classe Tamandaré, nas dependências da Enseada.

“Estamos dando todo o suporte possível e torcendo para que a proposta que pretende usar o Estaleiro vença. É uma estrutura que reuniu um investimento de R$ 3 bilhões e hoje está parada. Precisamos voltar a ver três, quatro mil pessoas trabalhando e, para isso, estamos apoiando essa iniciativa, junto com a Federação das Indústrias da Bahia”, declarou o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado.

PUBLICIDADE