Publicado em 17/06/2021 às 14h24.

Construção tem queda no total de trabalhadores na Bahia pelo segundo ano seguido

As 99,5 mil pessoas empregadas naquele ano representavam quase a metade dos 183.267 ocupados em 2013, ano em que o setor viveu um boom

Redação
Foto: Facebook/Sinduscon-BA
Foto: Facebook/Sinduscon-BA

 

O número de trabalhadores na construção na Bahia voltou a cair em 2019. Segundo a Pesquisa Anual da Indústria da Construção, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira, a atividade empregava 99,5 mil pessoas no ano pesquisado, menor contingente desde 2007. A redução de empresas no setor contribui para este resultado,

Em 2018, 102.260 estavam ocupada nas empresas de construção – queda 2.740 pessoas ocupadas no setor (-2,7%) em um ano. Frente a 2013, quando as empresas da construção civil baiana empregavam 183.267 trabalhadores – maior volume da série histórica, 83.747 pessoas deixaram de atuar no setor, o que representou uma queda de 45,7% em seis anos.

No Brasil, em igual período, houve variação positiva – 1.705.395 pessoas trabalhavam nas empresas do setor, frente a 1.703.667 em 2018, o que representou mais 1.728 em um ano (0,1%).

 

Fonte: PAIC IBGE
Fonte: PAIC/IBGE

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.