Publicado em 01/05/2020 às 15h20.

Dólar subiu 4,69% em abril; no ano a desvalorização do real é de 35,51%

Câmbio teve três dias de trégua na última semana, mas voltou a ter turbulência no último dia do mês

Redação
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

 

Depois de três dias seguidos de trégua, o mercado financeiro voltou a enfrentar uma sessão de turbulências. O dólar voltou a fechar acima de R$ 5,40.  A moeda norte-americana operou alta durante toda a sessão. Na máxima do dia, por volta das 13h50, chegou a ser vendida acima de R$ 5,45. O dólar comercial encerrou a quinta-feira (30) vendido a R$ 5,438, com alta de R$ 0,083 (+1,55%).

A divisa terminou abril com alta de 4,69% e acumula valorização de 35,51% em 2020. O Banco Central (BC) voltou a atuar no mercado, mas de maneira discreta.

Petróleo

Os preços internacionais do petróleo voltaram a se recuperar na quinta. Por volta das 18h, o barril do tipo Brent era vendido a US$ 25,27, com alta de 12,11%. Esse barril serve de referência para o mercado internacional de petróleo, sendo usado nas projeções da Petrobras.

Segundo a Petrobras, a extração do petróleo só é viável no longo prazo para cotações a partir de US$ 45. No curto prazo, a companhia pode extrair petróleo a US$ 19, no limite dos custos da empresa.

Com informações da Agência Brasil

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.