Publicado em 22/11/2019 às 14h04.

Em meio a críticas da Petrobras, presidente da Braskem deixará cargo em dezembro

No comando da empresa desde 2016, Fernando Musa será substituído pelo presidente do conselho de administração da companhia, Roberto Simões

Redação
fernando musa foto braskem
Foto: Braskem

 

O presidente da Braskem, Fernando Musa, deixará o cargo em dezembro deste ano. Ele será substituído pelo presidente do conselho de administração da empresa, Roberto Simões, que está na companhia desde 1994.

No comando da Braskem desde 2016, Musa havia recebido críticas da Petrobras, segunda maior acionista da empresa atrás da controladora Odebrecht, e que teria solicitado a saída do executivo.

As reclamações da Petrobras eram relacionadas à crise com uma mina de sal-gema, matéria-prima usada na produção de plástico, em Maceió.

Centenas de famílias do bairro de Pinheiro, na capital alagoana, foram removidas de suas casas após o aparecimento de rachaduras nas residências.

Em junho, a Braskem anunciou o fechamento da mina, por considerar que não há “mais licença social para operar” no local.

PUBLICIDADE