Publicado em 06/07/2020 às 17h17.

Em recuperação judicial, Avianca Brasil pede falência

Com dívidas de R$ 2,7 bilhões, companhia área já estava proibida de operar pela Anac

Redação
Foto: Reprodução / Avianca Brasil
Foto: Reprodução / Avianca Brasil

 

Com dívidas de R$ 2,7 bilhões e proibida pela Anac de operar no país,a Avianca Brasil requereu na Justiça a conversão da recuperação judicial em falência. A informação é do G1, que confirmou o pedido com o escritório nomeado como administrador judicial, o Alvarez & Marsal.

A recuperação judicial foi requerida em 2018, quando a dívida da empresa era estimada em R$ 494 milhões, menos de um quinto do valor atual. A partir de julho do ano passado, a empresa também perdeu os slots (direito de uso dos horários de pousos e decolagens) nos aeroportos de Santos Dumont, Congonhas e Guarulhos.