Publicado em 13/07/2016 às 08h30.

Fábrica de metanol fecha planta em Polo de Camaçari

O fechamento se dá devido à diminuição do preço do metanol; O produto importado tornou-se mais competitivo

Redação
Polo de Camaçari. (Foto: Manu Dias/GOVBA)
Polo de Camaçari. (Foto: Manu Dias/GOVBA)

 

A fábrica de biocombustíveis metanol, Metanor, anunciou nesta terça-feira (12) a paralisação por tempo indeterminado de sua produção a partir da próxima segunda (18). Conforme comunicado da empresa, o fechamento se dá devido à diminuição do preço do metanol, que é utilizado em indústrias químicas como solvente e na fabricação de diversos produtos. O produto importado tornou-se mais competitivo.

De acordo com o Sindiquímica-BA, 42 funcionários serão demitidos, 22 do setor de operação e 20 do administrativo. Para minimizar os danos, a  Metanor se comprometeu com o sindicato a contratar uma empresa para recolocar os funcionários no mercado, estender o plano de saúde por um ano e priorizar o pagamento dos aposentados.

A companhia garante, no entanto, que as linhas de produção de formaldeído e hexamina, também em Camaçari, continuam operando com o metanol de origem importada. “A decisão teve como fundamento a redução expressiva das margens de produção de metanol, que foi motivada pela sua queda de preço no mercado internacional sem a equivalente redução do preço do Gás Natural no Brasil, sua principal matéria-prima”, diz a empresa.

PUBLICIDADE