Publicado em 06/07/2020 às 16h46.

Guedes sobre Plano Real: ‘Se fosse tão extraordinário, não perdiam eleições’

Ministro da Economia disse que é mito o Plano Real ter sido o "melhor do mundo", já que deixou deficiências cambiais e fiscais

Redação
Paulo Guedes, Minister of Economy of Brazil, speaking during Challenging the Dominance of the Dollar session at the World Economic Forum Annual Meeting 2020 in Davos-Klosters, Switzerland, 23 January. Congress Centre / Sanada. Copyright by Ciaran McCrickard/ World Economic Forum/ Fotos Públicas
Paulo Guedes, Minister of Economy of Brazil, speaking during Challenging the Dominance of the Dollar session at the World Economic Forum Annual Meeting 2020 in Davos-Klosters, Switzerland, 23 January. Congress Centre / Sanada. Copyright by Ciaran McCrickard/ World Economic Forum/ Fotos Públicas

 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou o Plano Real implantado pelo governo Itamar Franco. Em entrevista, o auxiliar de Jair Bolsonaro disse que é um mito que o plano foi o “melhor do mundo”.

“Se o plano fosse tão extraordinário, eles não perdiam quatro eleições seguidas”, afirmou o ministro, em entrevista à CNN Brasil, na noite de domingo (5).

Em sua avaliação, o Plano Real foi satisfatório apenas na questão monetária. Mas deixou deficiências nas questões cambial e fiscal. As informações são da Folha de S.Paulo.

Na ocasião da entrevista, Guedes anunciou ainda que o governo pretende fazer até quatro grandes privatizações nos próximos três meses. No entanto, o ministro não disse quais empresas serão vendidas.