Publicado em 08/08/2022 às 19h40.

Ibovespa fecha no maior patamar desde junho; dólar recua mais de 1%

Moeda norte-americana fechou cotado a R$ 5,113, o menor valor desde 15 de junho

Flávia Requião
Imagem: Divulgação/Pixabay
Imagem: Divulgação/Pixabay

 

O principal índice da bolsa de valores (B3) encerrou esta segunda-feira (8) em alta de 1,81%, aos 108.402,27 pontos, o sexto avanço seguido e o maior patamar desde do dia 7 de junho. Já o dólar fechou em queda de 1,07%, a R$ 5,113, o menor valor desde 15 de junho.

Entre as maiores da bolsa, as ações da Rede D’Or, em alta de 6,61%, seguida da SulAmerica, subindo 6,47% e da Gol, valorizando 6,41%.

Já os destaques da sessão, ficaram as ações ordinárias da Magazine Luiza , com mais 3,48% e os papéis ordinárias e preferenciais da Petrobras (PETR3;PETR4) com fortes altas, de 4,82% e 5,05%.

Já do outro lado, os papéis da JBS, em queda de 3,64%, seguido da Locaweb, em baixa de 2,35%, e da MRV, desvalorizando 1,93%.

O pregão desta segunda foi puxado para cima por conta da entrada de capital estrangeiro no país, principalmente aos setores ligados a commodities.

Nos Estados Unidos, o Dow Jones subiu 0,09%, enquanto S&P 500 e Nasdaq fecharam em queda de, respectivamente, 0,12% e 0,10%. 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.