Publicado em 08/09/2020 às 21h20.

Industria mantém ritmo de recuperação, aponta estudo da CNI

Faturamento real, horas trabalhadas e Utilização da Capacidade Instalada aumentaram pelo terceiro mês consecutivo

Redação
Foto: Pedro Moraes/GOVBA
Foto: Pedro Moraes/GOVBA

 

Em julho, a atividade industrial continuou em trajetória de recuperação, passando a reverter parte da queda acumulada em março e abril, segundo os Indicadores Industriais. Apresentado nesta terça-feira (8), o levantamento da Confederação Nacional das Indústrias aponta alta do faturamento real, horas trabalhadas na produção e utilização da capacidade instalada (UCI) pelo terceiro mês seguido.

Segundo os Indicadores Industriais, o faturamento real aumentou 7,4% em julho, considerando a série dessazonalizada, acumulando alta de 34,5% nos três meses encerrados em juho. Está 1,7% menor que o registrado em fevereiro de 2020, antes da pandemia.

As horas trabalhadas na produção subiram 4,5% em julho, totalizando uma alta de 20,9% no triênio. Mesmo assim, o total de horas trabalhadas ainda está 7% abaixo do apurado em fevereiro. O índice de horas trabalhadas na produção encontra-se 7% abaixo do patamar de fevereiro.

A Utilização da Capacidade Instalada aumentou 2,9 pontos percentuais em julho, saindo de 66,6% (em abril) para 75,4% no mês em estudo. Esse percentual, no entanto, ainda é 3,4% menos do que o registrado em fevereiro, antes da pandemia. Fonte: Agência Brasil

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.