Publicado em 30/10/2020 às 15h20.

Irmãos Batista podem ser processados pela própria empresa

Assembleia Geral Extraordinária da JBS aprovou a medida nesta sexta em virtude de crimes confessados em acordos de colaboração

Redação
Foto:Rovena Rosa/Agência Brasil
Foto:Rovena Rosa/Agência Brasil

 

Controladores da JBS, os irmãos Joesley e Wesley Batista podem ser processados pela própria empresa. Ações de responsabilidade contra a J&F Investimentos, holding dos irmãos Batista, e os dois empresários foram aprovadas nesta sexta-feira (30), em Assembleia Geral Extraordinária.

A medida jurídica contra Joesley e Wesley foi aprovada com os votos do BNDES, que detem participação de 22%, e do fundo SPS. Apenas o BNDES votou pelo processo contra a holding.

Seguindo regra de uma arbitragem firmada pela empresa, a J&F – controladora da JBS – não pode votar.Acionistas minoritários votaram a favor da J&F e contra os processos, sem poder de reverter o resultado.

Prejuízos

Em nota, a J&F Investimentos destacou “a confiança de todos os acionistas minoritários da JBS, que deixaram isolado o voto de um acionista a favor do ingresso de ação de responsabilidade em face dos controladores, em Assembleia Geral Extraordinária.”

A holding afirmou ainda que responsabilizará “quem quer que seja pelos prejuízos em que a JBS poderá incorrer em virtude de uma ação temerária.” Com informações do UOL.