Publicado em 02/12/2016 às 14h47.

Número de famílias em pobreza extrema volta a crescer em 2015

Após quatro anos de queda, o número de famílias com renda per capita inferior a um quarto do salário mínimo voltou a aumentar em 2015

Redação
Foto: Reprodução/ EBC
Foto: Reprodução/ EBC

 

Após quatro anos de queda, o número de famílias com renda per capita inferior a um quarto do salário mínimo voltou a aumentar em 2015, de acordo com a Síntese de Indicadores Sociais (SIS), divulgada nesta sexta-feira (2) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Tais famílias vivem na chamada “pobreza extrema”, pela classificação adotada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

O levantamento do IBGE aponta que a faixa com maior crescimento entre 2014 e 2015 (de 8% para 9,2%) foi precisamente a dos mais pobres, com rendimento per capita de até um quarto do salário mínimo.

Conforme a pesquisa, 27% das famílias brasileiras ganhavam até meio salário mínimo em 2015. Com informações do G1.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.