Publicado em 06/12/2021 às 14h30.

Petrobras afirma ainda não ter definição sobre preço dos combustíveis

Petrolífera responde a declaração do presidente Bolsonaro de que esta semana ocorreria redução nos preços

Redação
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

 

Após o anúncio do presidente Jair Bolsonaro (PL), de que esta semana ocorreria uma redução nos preços dos combustíveis, a Petrobras afirmou, nesta segunda-feira (6), que ainda não há decisão tomada sobre cortes nos preços.

A companhia informa que não antecipa decisões de reajuste e reforça que não há nenhuma decisão tomada por seu Grupo Executivo de Mercado e Preços que ainda não tenha sido anunciada ao mercado.

A declaração do presidente ocorreu durante uma entrevista ao site Poder360, de que a Petrobras vai começar a anunciar uma série de reduções nos preços dos combustíveis, começando nesta semana. Ele não informou, porém, qual seria o valor da redução nem quando ocorreria.

A empresa reforçou ainda que não antecipa decisões de reajustes a autoridades.

O mercado espera, porém, algum repasse da queda das cotações internacionais do petróleo nas últimas semanas, em resposta ao avanço da variante ômicron pelo mundo.

A empresa, porém, repete que tenta não repassar ao mercado interno volatilidades pontuais do mercado internacional, preferindo avaliar o cenário em um prazo mais longo.

No ano, o preço da gasolina nas refinarias acumula alta de 74%. Já o preço do diesel subiu 65% no mesmo período.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.