Publicado em 15/01/2022 às 21h00.

Petrobras e Novonor oficializam oferta de participação na Braskem

Maiores acionistas pediram à CVM o registro para a venda de 154 milhões de ações preferenciais da Série A

Redação
Foto: Divulgação/ Braskem
Foto: Divulgação/Braskem

 

A Petrobras e o grupo Novonor (ex-Odebrecht) pediram à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o registro da oferta pública secundária de 154,886 ações preferenciais da Série A da Braskem. Os papeis na companhia petroquímica serão vendidos simultaneamente na bolsa de valores B3 e no exterior.

A petrolífera tem 36,1% de participação na Braskem e a ex-Odebrecht, 38,3%.

Conforme o prospecto preliminar da oferta subsequente, não haverá colocação de lote adicional ou suplementar. Ao preço de fechamento dos papéis na quinta-feira (13), na B3, a oferta global movimentaria mais de R$ 8 bilhões.

A precificação dos papéis será estipulado após rodada de apresentação da oferta a investidores institucionais. Do total ofertado, 79,2 milhões de ações pertencem à NSP Investimentos – subsidiária da Novonor – e 75,7 milhões de ações à Petrobras. Fonte: CNN Brasil

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.