Publicado em 02/08/2020 às 12h00.

Queda do PIB per capita torna brasileiro 11% mais pobre

Em 2020, a estimativa de queda do PIB, segundo o relatório Focus, do Banco Central, é de 5,77%, devido a pandemia

Redação
Foto: Marcelo Casal Jr/ Agência Brasil
Foto: Marcelo Casal Jr/ Agência Brasil

 

O futuro prevê uma pobreza de 10% a mais para os brasileiros, de acordo com uma análise de sete anos do PIB per capita.

O declínio foi percebido entre o fim de 2014 e 2016, e se intensificou com a lenta retomada da economia dos anos seguintes e a recente crise provocada pelo coronavírus fizeram o Brasil perder parte da sua riqueza.

Os dados foram retirados de uma reportagem do G1, que teve como fonte a consultoria LCA.

O PIB per capital é a soma de tudo o que país produz dividido pela população. O dado funciona como um termômetro para avaliar a riqueza de uma nação.

Entre o último ano de crescimento mais robusto da economia, 2013, e o fim de 2020, o Produto Interno Bruto (PIB) per capita passou de R$ 8.519 para R$ 7.559, encolhendo 11,3% no período, de acordo com cálculos da consultoria LCA.

Em 2020, a estimativa de queda do PIB, segundo o relatório Focus, do Banco Central, é de 5,77%, devido a pandemia, que gerou um aumento na taxa de desocupação e a tendência é que os números piorem até o fim do ano.