Publicado em 18/02/2020 às 14h52.

Sertão do São Francisco receberá maior volume de investimentos em 2020

Investimentos na região deve gerar quase 2 mil empregos, principalmente no setor de Energias Renováveis

Redação
Foto: João Ramos/Ascom SDE
Foto: João Ramos/Ascom SDE

 

O território Sertão do São Francisco, que inclui cidades como Casa Nova, Juazeiro, Sento Sé e Sobradinho, receberá a maior fatia de investimentos assinados no ano passado para esse ano de 2020. Devem ser gerados, neste ano, quase 2 mil postos de trabalho.

“Estamos cuidando do interior e trabalhando duro na atração de novas empresas e ampliação das já existentes. Nossa prioridade, no momento, é a implantação de projetos de geração de bioenergia (etanol) no Médio São Francisco, com perspectiva de geração de mais de 30 mil empregos em 10 anos. Quando os investimentos forem implementados, eles irão se traduzir em empregos, renda e desenvolvimento para os municípios”, explicou o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão.

O processo de interiorização se revela nos protocolos de intenção assinados. Dos 120 novos, 39 são para a Região Metropolitana e 81 para os demais territórios do estado. Além de Sertão do São Francisco, que deverá receber 23,4% dos investimentos, se destacam Chapada Diamantina, com fatia de 15,37%, e Piemonte do Itapicuru, com 15,3%.

A RMS é a quarta região com mais investimentos, por outro lado, é a primeira em geração de empregos. A previsão é de que sejam abertos 2,8 mil novos postos de trabalho com os investimentos a serem feitos.

O segmento de Energias Renováveis é que mais se destaca nos três territórios com maior fatia de investimentos. Alimentício e Calçados também se destacam.

PUBLICIDADE