Publicado em 14/12/2019 às 10h30.

Taxa extra de embarque para voos internacionais só será extinta em 2021

“A questão é calibrar esse impacto em termos de Orçamento”, disse o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas

Redação
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

 

Anunciada em outubro, a extinção da taxa extra de embarque para voos internacionais ficou para 2021, informou na sexta-feira (13) o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Já no Congresso, o Orçamento de 2020 leva em conta a taxa. “Acabar com a TI (taxa internacional) implica em renúncia de receitas A questão é calibrar esse impacto em termos de Orçamento”, declarou o ministro. “Essa tarifa tem que acabar e vai acabar”, completou.

Criada em 1999, a taxa é atualmente uma das fontes de abastecimento do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), criado em 2011 para financiar melhorias na infraestrutura aeroportuária. Com informações do Globo.