Publicado em 08/08/2020 às 08h30.

Vice-presidente do BB morre aos 50 anos após passar mal em reunião

Ele estava na casa há 35 anos e um dos projetos que tocava era a joint venture com o suíço UBS na área de banco de investimentos

Redação
Foto: Divulgação/BB
Foto: Divulgação/BB

 

Vice-presidente de Negócios de Atacado do Banco do Brasil, Walter Malieni morreu na tarde de sexta-feira (8), aos 50 anos, depois de passar mal durante uma reunião.

Segundo informações do Estadão, ele estava na casa há 35 anos e um dos projetos que tocava era a joint venture com o suíço UBS na área de banco de investimentos.

Antes, presidiu a empresa de previdência do BB, a Brasilprev. Em sua carreira, atuou ainda como vice-presidente de Distribuição de Varejo e Gestão de Pessoas e de Controles Internos e Gestão de Riscos.

Em nota de pesar, o banco lamentou a morte. Veja na íntegra:

“Com grande tristeza, o Banco do Brasil comunica o falecimento do vice-presidente de Negócios de Atacado, Walter Malieni Junior, ocorrido nesta data, em São Paulo.

Walter dedicou grande parte de sua vida ao Banco do Brasil, onde entrou aos 15 anos como menor aprendiz. Em 35 anos de carreira, trabalhou em diversas áreas da empresa até o Conselho Diretor, onde foi vice-presidente em diversas áreas e presidente da empresa Brasilprev.

Sua partida repentina é motivo de tristeza para a família Banco do Brasil, onde Walter era reconhecido pela sua enorme competência técnica e pela maneira sempre educada e atenciosa com que se dirigia a todos.

Aos familiares e amigos do Walter, o presidente Rubem Novaes, também em luto, expressa em nome de todos os funcionários do BB o seu profundo pesar e espera que encontrem conforto nas boas lembranças e no grande exemplo que o Waltinho nos deixa.”