Publicado em 26/03/2020 às 09h24.

‘Vida não tem valor infinito’, diz presidente do Banco do Brasil

Ele criticou o isolamento social em mensagem em um grupo de WhatsApp

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, criticou o isolamento social em mensagem postado em um grupo de WhatsApp, segundo a coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo.

Para Novaes, a vida não tem “valor infinito”. “Muita bobagem é feita e dita, inclusive por economistas, por julgarem que a vida tem valor infinito. O vírus tem que ser balanceado com a atividade econômica”, afirmou o executivo no aplicativo de mensagens.

A discussão sobre a necessidade de isolamento ganhou mais força com o pronunciamento do presidente na terça (24), contradizendo recomendações do próprio Ministério da Saúde e na contramão da maioria dos países que estão na batalha contra o vírus.

Questionado sobre a afirmação que fez nas mensagens, Novaes disse que o lockdown [o confinamento, do termo em inglês] prolongado “causará depressão econômica com efeitos piores que os da epidemia”.

Ele disse ainda que “a questão não é apenas médica e mesmo alguns médicos concordam com a tese do presidente [Bolsonaro]”, afirmou à Painel. “Depressão econômica também mata muita gente, principalmente entre os mais pobres”.

PUBLICIDADE