Publicado em 01/12/2020 às 13h18.

Brasileiros recebem notificação de R$ 3 mil por download de filmes no torrent

Vale lembrar que no Brasil, o download de filmes, séries e livros não consta como crime no código penal

Redação
Foto: Summit Entertainment
Foto: Summit Entertainment

 

Quem achou que iria economizar no ingresso do cinema ao baixar os filmes ‘Hellboy,’ ‘Rambo: Até o Fim’, e ‘Invasão ao Serviço Secreto’, lançados em 2019, recebeu uma conta 3 mil vezes mais cara neste ano.

De acordo com o site Canal Tech, diversos brasileiros receberam cobranças extrajudiciais com valores entre R$ 3 mil e R$ 5 mil por terem feito o download ilegal dos filems por meio do Torrent. Ainda estão sendo analisados os filmes ‘Clube de Compras Dallas’, ‘Colossal’, ‘Invasão de Privacidade’, ‘Dupla Explosiva‘.

Os responsáveis pelas obras estão exigindo indenização pelos prejuízos causados pela prática de pirataria. Para dar andamento ao processo, os representantes dos estúdios de cada filme entraram em contato com os internautas que baixaram a produção por meio de empresas de telefonia, que foram obrigadas a compartilhar as informações cadastrais dos clientes envolvidos na polêmica.

O processo, que corre no Tribunal de Justiça de São Paulo, teve início em março deste ano, mas só foi liberad em setembro, após a Claro conceder os dados dos seus clientes a fim de evitar uma multa diária no valor de R$ 10 mil.

Vale lembrar que no Brasil, o download de filmes, séries e livros não consta como crime no código penal. No entanto, o lucro com a disponibilização destes conteúdos pode ter como pena de três a um ano de reclusão.