Publicado em 19/06/2021 às 20h00.

Jogos Olímpicos: Tóquio cancela locais de exibição pública

Proibição de eventos com aglomeração visa conter disseminação de vírus

Agência Brasil
Foto: Arte/ Zaha Hadid Architects/Fotos Públicas
Foto: Arte/ Zaha Hadid Architects/Fotos Públicas

 

Por Eimi Yamamitsu

A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, cancelou neste sábado (19) todos os locais de exibição pública da Olimpíada e alguns deles irão se tornar centros de vacinação contra a covid-19.

Torcedores estrangeiros não poderão comparecer aos Jogos, adiados por um ano devido à pandemia, mas o governo e os organizadores de Tóquio 2020 estão há meses adiando a decisão de permitir ou não a presença de espectadores japoneses nos estádios e arenas.

A proibição desses eventos com público ocorre após o governo metropolitano descartar planos de exibição pública da Olimpíada no Yoyogi Park, no centro de Tóquio, que será convertido em um centro de vacinação.

“Acredito que são medidas necessárias, olhando sob várias perspectivas, para uma Olimpíada e uma Paraolimpíada de sucesso”, afirmou Koike a repórteres, após reunião com o primeiro-ministro Yoshihide Suga.

Eles devem conversar na segunda-feira (21) com o Comitê Olímpico Internacional (COI) e o Comitê Paraolímpico Internacional (CPB).

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.