Publicado em 01/07/2020 às 20h40.

Alexandre de Moraes prorroga inquérito das fake news por mais seis meses

Processo foi aberto pelo atual presidente, ministro Dias Toffoli, para apurar a disseminação de conteúdo falso na internet

Redação
Foto: Nelson Jr./SCO/STF
Foto: Nelson Jr./SCO/STF

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes decidiu nesta quarta-feira (1º) prorrogar por mais seis meses o inquérito das fake news. A investigação deveria se encerrar em 15 de julho.

Com isso, o inquérito deve avançar ao período de gestão do ministro Luiz Fux, que toma posse como presidente do Supremo em setembro.

O processo foi aberto pelo atual presidente, ministro Dias Toffoli. Visa a apurar a disseminação de conteúdo falso na internet e ameaças a magistrados. A decisão unilateral gerou questionamentos, já que na maior parte das vezes o Judiciário só age quando provocado por alguém competente ou pela Procuradoria Geral da República (PGR). O plenário, entretanto, validou o inquérito.

Leia a íntegra da decisão

 

Mais notícias