Publicado em 09/07/2020 às 19h00.

Fundador da Ricardo Eletro é solto um dia após prisão por sonegação de impostos

Nunes é apontado como principal beneficiário de um esquema criminoso que desviou R$ 400 milhões de cofres públicos

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

O empresário Ricardo Nunes foi soltou nesta quinta-feira (9). O fundador da rede de lojas Ricardo Eletro deixou a delegacia em Contagem (MG) um dia após ser preso, na quarta (8), na Operação Direto com o Dono. Nunes é apontado como principal beneficiário de um esquema criminoso que desviou R$ 400 milhões de cofres públicos.

Ao site do Valor Econômico, o advogado criminalista Marcelo Leonardo informou que ele foi liberado, já que dever tributos lançados na contabilidade e declarados ao fisco não é crime. “O entendimento recente do STF [Supremo Tribunal Federal] não pode ser aplicado retroativamente”, afirmou.

A operação atingiu também Laura Nunes, filha do empresário, que foi liberada após prestar depoimento à Polícia Civil. Ela chegou a ser detida, mas o mandado de prisão expedido pela Vara de Inquéritos de Contagem (MG) foi revogado pela 3ª Vara Criminal da cidade.