Publicado em 20/01/2021 às 08h20.

Mesmo na pandemia, STF começará ano com sessão presencial

De acordo com a coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, vários ministros já decidiram não ir

Redação
Foto: Rosinei Coutinho/STF
Foto: Rosinei Coutinho/STF

 

O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou a tradicional sessão de abertura do Ano Judiciário para o dia 1º de fevereiro. Segundo a coluan de Lauro Jardim, do jornal O Globo, a sessão de abertura será presencial.

De acordo com a coluna, vários ministros já decidiram não ir. Marco Aurélio Mello, 74 anos, o decano, é um deles: “Compondo o grupo de risco, manterei o isolamento. Se julgo no virtual e por videoconferência, por que assumir esse risco, para algo simplesmente formal? Crise de saúde, econômica e social. Ainda assim, a “ficha” ainda não caiu. Muitos brasileiros não estão percebendo a situação do país”, disse à publicação.

Em setembro, quando Luiz Fux tomou posse como presidente do Supremo, em sessão presencial, nove autoridades apareceram contaminadas pelo coronavírus dias depois.