Publicado em 25/05/2020 às 17h00.

Por causa de feriados, Judiciário baiano suspende expediente até sexta-feira

Também visando ampliar o isolamento social e conter a Covid-19, Tribunal antecipou o Dia do Magistrado para a quinta-feira (28)

Redação
Foto: divulgação TJ-BA
Foto: divulgação TJ-BA

 

Por conta da antecipação de feriados desta semana, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) suspendeu o expediente do Judiciário baiano até sexta-feira. A medida foi oficializada pelo decreto 300/2020, assinado pelo presidente da corte, desembargador Lourival Almeida Trindade, também com o objetivo de aumentar o isolamento social e conter a taxa de contágio do novo coronavírus.

As sessões de julgamento e as audiências marcadas para estas datas, previstas nos artigos 1º e 2º do decreto, vão ser remarcadas posteriormente. No Judiciário foram transferidos os feriados da Independência e do São João, em acordo com proposta do governo estadual, de Nossa Senhora da Conceição da Praia – antecipado pela prefeitura de Salvador – e também do Dia do Magistrado, celebrado em 10 de agosto e transferido em 2020 para 28 de maio.