Publicado em 06/10/2019 às 09h07.

Voto de Celso de Mello é considerado decisivo para anulação ou não do caso triplex

Segunda Turma do STF decidirá sobre o caso que pode culminar na soltura do ex-presidente Lula

Redação
Foto: Rosinei Coutinho/ SCO/ STF/ CP
Foto: Rosinei Coutinho/ SCO/ STF/ CP

 

O julgamento na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que pode culminar na soltura do ex-presidente Lula está “nas mãos” de Celso de Mello.

Isso porque o ministro é o único cuja posição sobre o tema não está clara. A tendência, segundo a revista Época, é que Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski votem a favor de Lula, enquanto Cármen Lúcia e Edson Fachin devem ficar contra.

Se Celso de Mello votar a favor do petista, o caso do triplex será anulado e Lula, solto.

PUBLICIDADE