Publicado em 30/09/2022 às 12h08.

Argentina: Casa Rosada e Ministério da Defesa são evacuados após ameaça de bomba

Policiais realizaram uma operação em busca dos explosivos, mas não encontraram qualquer artefato

Redação
Foto: Jamile Amine
Foto: Jamile Amine

 

Após tentativa de assassinato da vice-presidente argentina Cristina Kirchner, o governo do país foi alvo de novas ameaças, na noite desta quinta-feira (29).

Segundo informações do jornal O Globo, a Casa Rosada, sede do governo da Argentina, e o Ministério da Defesa tiveram que ser evacuados após uma ameaça de bomba. Ainda de acordo com a publicação, depois de receberem ligações, agentes da Polícia Federal, membros da brigada de explosivos e bombeiros realizaram uma operação em busca dos explosivos, mas não encontraram qualquer artefato.

Apesar da não confirmação da bomba, as ameaças alteraram a agenda do presidente Alberto Fernández, que participaria de um jantar anual das Forças Armadas no Ministério da Defesa. “A Argentina, nossa pátria, celebrará quatro décadas de democracia ininterruptas no próximo ano. Isso, que deve nos orgulhar, é obscurecido por um discurso de ódio que é semeado na sociedade, buscando aumentar a divisão e o desânimo”, disse o chefe do Executivo argentino.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.