Publicado em 16/04/2021 às 08h04.

Ataque a tiros deixa ao menos 8 mortos em empresa de entrega nos EUA

Palco do atentado fica em sede da Fedex, próximo ao Aeroporto Internacional de Indianápolis

Redação
Porta-voz da polícia disse que o atirador se matou em seguida (Imagem: Reprodução/CNN Brasil)
Porta-voz da polícia disse que o atirador se matou em seguida (Imagem: Reprodução/CNN Brasil)

 

Um ataque a tiros na madrugada desta sexta-feira (16) deixou ao menos oito pessoas mortas em um escritório da FedEx – empresa americana de entregas – em Indianápolis, nos Estados Unidos. Vários feridos foram levados para hospitais da região. O porta-voz da polícia disse que o atirador se matou. A motivação do ataque e a identidade do atirador ainda estão sob investigação. As informações são da CNN Brasil.

Dois funcionários do prédio disseram à afiliada da CNN WISH-TV que ouviram até dez tiros.

A princípio, Jeremiah Miller e Timothy Boillat pensaram que o som era de um carro. Em seguida, depois de ouvir mais, Miller se levantou e viu um homem com uma arma.

“Depois de ouvir o tiroteio, vi um corpo no chão atrás de um veículo”, disse Boillat. Eles deixaram o prédio e viram cerca de 30 carros da polícia, disse Boillat.

“Agradeço a Deus por estar aqui porque pensei que levaria um tiro”, declarou Miller.

Em um comunicado, a FedEx disse estar ciente do “trágico tiroteio” nas instalações de Indianápolis. “A segurança é nossa maior prioridade e nossos pensamentos estão com todos aqueles que foram afetados. Estamos trabalhando para reunir mais informações e cooperando com as autoridades investigadoras”, disse o porta-voz da empresa Jim Masilak, por e-mail, à CNN.

O atque ocorreu em uma área próxims ao Aeroporto Internacional de Indianápolis. A principal rodovia próxima da empresa, a I-70, chegou a ser fechada nas duas direções, mas o fluxo já foi liberado.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.