Publicado em 08/12/2015 às 11h40.

ONU pede para Jordânia deixar entrar 12 mil refugiados sírios

Os refugiados estão em condições sub-humanas

Reuters

A Organização das Nações Unidas (ONU) expressou preocupação, nesta terça-feira (8), com o destino de 12 mil refugiados sírios na fronteira entre Síria e Jordânia, que estão barrados em condições humanas degradantes.

“As vidas dos refugiados estarão em risco nos próximos meses”, disse Melissa Fleming, porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), durante entrevista coletiva a jornalistas em Genebra.”Hoje o Acnur apela ao governo da Jordânia para permitir que os refugiados barrados na fronteira entrem no país”, disse.

PUBLICIDADE
Temas: ONU , refugiados , sírios